Tecnologia

EMAP faz parceria com Athenas para implementar TOS+ no Porto de Itaqui

Plataforma TOS+  de automação portuária atende aos requisitos técnicos exigidos pela EMAP

A Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), gestora do Porto do Itaqui, acaba de fechar parceria com a Athenas Tecnologia em Logística para a utilização do TOS+, plataforma de automação portuária. Quarto maior porto de exportação de graneis do agronegócio, o Porto de Itaqui é composto por vários terminais, atua com os modais ferroviário, rodoviário, marítimo e cabotagem e opera com todos os tipos de carga – contêiner, granel sólido, granel líquido e carga geral. A previsão é que o TOS+ esteja em pleno funcionamento até o final de 2017.

“Analisamos várias propostas e o TOS+ conseguiu atender aos requisitos técnicos exigidos pela EMAP, considerando ainda questões de interfaces tecnológicas com base nas já existentes na empresa. Além disso, a plataforma permite termos o controle efetivo de todas as cargas, conforme os requisitos da Portaria 3.518 de 30/09/2011, da Receita Federal do Brasil”, afirma José Antonio Magalhães, diretor de Operações da EMAP. Com a adoção da nova plataforma, a expectativa é que o Porto de Itaqui tenha um ganho de produtividade em seus processos, refletindo nos resultados.

Saiba mais sobre o TOS+ – plataforma de automação portuária

“Acreditamos que o TOS+ vai nos permitir melhorar a gestão operacional dos indicadores, como volumes movimentados por navios, cálculos de produtividade, períodos de operação, controle de paradas e respectivas causas, taxas de ocupação de berços, tempo de navios em fila, entre outros. Além disso, com a integração ao Eletronic Data Interchange (EDI), que padroniza a troca eletrônica de dados, vamos evitar digitação manual, reduzir o tempo de processamento de informações, diminuir horas extras da equipe, assegurar a confiabilidade dos relatórios gerados e permitir que os analistas se dediquem a efetuar análise críticas das informações”, detalha Magalhães.

O Porto de Itaqui é um dos que mais cresceu no Brasil nos últimos dez anos. Além de uma gestão eficiente, o porto recebe principalmente o escoamento da produção do agronegócio do Centro Oeste, atividade que vem impulsionando o crescimento de toda a região. Para a Athenas, este projeto é muito importante, pois trata-se de um porto bem completo, com diversas áreas de atuação.

“Este é um porto de referência em crescimento no Brasil, com características muito interessantes, pois é multicarga, multimodal e multiterminais. Esse perfil de cliente consolida a inovação e a abrangência do TOS+”, diz Marcos Barcellos, CEO e sócio da Athenas. Por ser modular, o TOS+ pode atender desde terminais logísticos de pequeno porte até portos maiores e com operações mais complexas.

Previous post

ABRAVA EXPORTA realiza projeto vendedor no Chile

Next post

Arno e Correios garantiram maiores absorções do Mercado de Condomínios Logísticos de alto padrão no RJ

Painel Logístico

Painel Logístico