Pontos de retirada são tendência para e-commerce brasileiro

Pontos de retirada são tendência para e-commerce brasileiro

 

Segundo estudo, os pontos de retirada auxiliam no aumento das vendas em lojas físicas e ampliam o fluxo de clientes 

 

São Paulo, Março de 2022 – Uma das tendências do e-commerce que tem ganhando o gosto dos brasileiros, são os pontos pick-up – mais conhecidos como pontos de retirada – uma espécie de serviço que representa a continuidade do ciclo de compra online, uma vez que o consumidor adquire o produto de forma digital, mas opta pela aquisição final em uma loja física ou em estabelecimentos parceiros que atuam como locais de entrega. 

 

De acordo com um estudo da Criteo, os pontos pick-up tem sido um fator de extrema importância para a economia, pois eles auxiliam no aumento das vendas, principalmente por dois fatores: o alcance dos consumidores que preferem comprar online e ir presencialmente retirar e o fato de possibilitar que lojas físicas recebam clientes que normalmente não estariam no estabelecimento, o que consequentemente pode engajar novas vendas.

Pensando em melhorar este cenário, o Grupo Intelipost – que fornece soluções logísticas para quem vende online – apostou no desenvolvimento da Pegaki, uma solução que oferece pontos de retirada para as compras via e-commerce, promovendo mais agilidade, flexibilidade e satisfação ao consumidor. 

 

Além de aumentar o fluxo de clientes e gerar vendas adicionais, a adoção de pontos de retirada para realizar entregas, trocas ou devoluções de mercadorias é também uma excelente solução para as marcas que pretendem atrair consumidores de perfil omnichannel. Fator este, crucial para o mercado, já que mais de 75% das pessoas que realizam compras no e-commerce acreditam já estar adaptadas aos modelos de compra online, conforme um relatório da Intelipost.

 

“Quando uma loja online opta por utilizar os pontos de retirada em sua estratégia, além de melhorar a experiência de compra para os consumidores, ela também resolve grande parte das dores da logística das empresas. A primeira delas é a redução da taxa de insucesso na entrega. Já o outro ponto, igualmente importante, é a diminuição dos custos com o frete. É bem mais barato entregar 80 pacotes para um ponto de retirada do que entregar 80 pacotes em 80 prédios diferentes”, explica Stefan Rehm, CEO da Intelipost.

 

Essa tendência reflete o rápido crescimento da Pegaki, que possui hoje mais de 3000 pick-up points e um raio de cobertura de até 2 km na região metropolitana de São Paulo. A empresa tem investido cada vez mais na conexão entre varejistas e transportadoras, com uma rede de pontos de coleta e retirada. “A ideia é ser, até 2023, a maior rede de pontos da América Latina com 20.000 locais de acesso ao serviço de pague e retire”, comenta Daniel Frantz, CEO da Pegaki. 

 

A logística continua sendo um grande desafio no Brasil, dado o tamanho de seu território e as dificuldades de acesso a determinadas regiões. Mas, ao mesmo tempo, é importante pensar que a mudança de comportamento do consumidor, representa um cenário de grandes oportunidades de melhorias e os pontos estão ganhando um espaço único, que tende a crescer cada vez mais no e-commerce brasileiro.

SOBRE O GRUPO INTELIPOST

Presente no mercado há oito anos, o Grupo Intelipost é o maior grupo de tecnologia logística do Brasil e é formado por três empresas, sendo elas: Intelipost – plataforma líder em gestão de transporte no Brasil que tem como propósito simplificar a logística do e-commerce -, AgileProcess – Startup de roteirização de entregas e coletas  para otimização logística – e, Pegaki – plataforma que conecta rede de pontos com e-commerces, transportadores e centros de distribuição -. O grupo, que atende empresas de grande e médio porte, tem como missão revolucionar a logística por meio de tecnologias inteligentes e assim, ajudar empresas a crescer no mercado.

MAIS INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA

NR7 | Full Cycle Agency 

intelipost@nr7.ag

Publicidade