Belenus tem centro de distribuição de alto desempenho combinando dois sistemas de armazenagem automática da ULMA Handling Systems

Belenus tem centro de distribuição de alto desempenho combinando dois sistemas de armazenagem automática da ULMA Handling Systems

João Marcos – Ceo Belenus

A fabricante registra crescimento nos negócios e alto desempenho em intralogística com armazenagem automática combinada de paletes e de caixas. Tecnologia e inovação determinaram a escolha do projeto.

A marca Belenus está prestes a completar 18 anos, mas o legado da família Lucas teve início na década de 1978, quando o patriarca, João Lucas, até então taxista, abriu uma pequena loja, a Sabará Ferramentas e Parafusos, com quatro funcionários, em São Paulo. A partir daí, colecionou sucesso nos negócios ao lado de seu filho, o hoje presidente da Belenus, João Marcos Lucas, que conduz uma empresa que emprega mais de 1.200 pessoas.

Com fábrica própria e centro de distribuição (CD) instalados em uma área de 80 mil m2 na cidade de Vinhedo, em São Paulo, a Belenus está posicionada entre as três maiores fabricantes de parafusos e fixadores do Brasil, com capacidade de produção mensal superior a 5 mil toneladas de produtos. Cerca de 60% da demanda que atende vem do varejo e dos mais distintos segmentos, entre eles, a indústria naval, automotiva, moveleira e de equipamentos pesados – para chegar às regiões Sul, Norte e Nordeste do país, a empresa mantém outras duas unidades, uma em Caxias do Sul (RS) e outra em Vitória (ES).

No ano 2002, com o crescimento dos negócios da Belenus, houve também o aumento da demanda de pedidos e a necessidade de inovar e investir em tecnologia para agilizar as operações de intralogística. A ULMA Handling Systems foi escolhida para implementar um projeto com caráter totalmente inovador neste segmento de metalurgia e que tinha como objetivo otimizar os processos, aumentar a área de estocagem sem expandir a superfície ocupada, promover a agilidade no preparo de pedidos aos clientes e apoiar a expansão dos negócios.

“Quisemos transformar o CD em uma estação de alta performance para atendimento de pedidos de clientes em todo Brasil”, conta João Marcos Lucas, presidente da Belenus, comentando que, há cerca de três anos, a empresa também exporta produtos para Argentina, Uruguai, Peru, Chile e Bolívia.

Segundo o executivo, o crescimento da Belenus ocorreu mais rápido do que imaginava e, graças ao seu filho, Sérgio Lucas, que é diretor comercial da empresa e um entusiasta atento a tudo o que se refere a inovação, suas instalações logísticas estão na vanguarda de seu setor. “Somos a única empresa de nosso segmento a ter um armazém totalmente automatizado com apoio da ULMA Handling Systems que nos trouxe uma solução de nível global”.

A solução

A solução especificada para a operação da Belenus resultou em aproximadamente 10.000 m2 de armazém verticalizado combinando sistemas de armazenagem automática: o primeiro deles é o Compact System, que está destinado à armazenagem de caixas de madeira com base de palete do tipo PBR e baixa altura, proporcionando ocupação muito maior do estoque de produtos de dimensões volumosas. O Compact System é composto por nove transelevadores em operação e capacidade de armazenagem de quase 15.000 paletes.

A segunda estrutura é um Mini Load para armazenagem de itens de menor volume e venda fracionada que são depositados em caixas plásticas movimentadas por seis transelevadores em seis corredores. O Mini Load tem capacidade para armazenar 35 mil caixas e é assistido por transportadores automáticos que movimentam as caixas com apoio de mesas elevadoras pneumáticas, elevadores de cargas e tem um sistema Pick to Light, em determinados pontos da estrutura para a separação de itens fracionados.

“Cada subsistema foi projetado para dar resposta às características de cada perfil de produto e são integrados ao processo de preparação de pedidos, que é assistida por uma rede Picking to Light”, explica Marcelo Bueno, presidente da ULMA Handling Systems no Brasil.

Outro destaque da solução é o sistema integrado de reabastecimento do armazém de paletes para o armazém de caixas. Os movimentos dos robôs transelevadores são otimizados quando um palete é levado até as estações de picking e o operador é orientado pelo software de gestão, através de monitores, sobre a necessidade de fazer reabastecimento daquele SKU que está sendo manipulado.

Máximo resultado

Bueno, da ULMA, explica que o projeto desenvolvido para a Belenus foi uma instalação especial por se tratar de elementos de fixação, um produto pesado, exigindo estruturas metálicas extra resistentes para suportar essa condição.

“Nosso time de especialistas atuou desde a concepção da estrutura até sua implantação, instalação do software de gestão de armazém (SGA ULMA) e no treinamento dos colaboradores da Belenus para alcançar o objetivo de maximização do estoque e baixo custo, em uma operação que atende o Brasil e países do Mercosul, com expedição de pedidos entre 2kg a 10 toneladas diariamente”, comenta.

Inicialmente, o armazém automático recebeu 20 mil SKUs, entretanto, atualmente e após uma atualização de projeto, esse número alcançou a 60 mil SKUs. O CD opera 24 horas por dia, divididas em três turnos para preparar e expedir os produtos.

João Marcos Lucas, presidente da Belenus, diz que sem o armazém automático seria inviável manter a operação com eficiência. Entre as dificuldades de um armazém não automatizado, estariam o grande espaço ocupado pelo estoque horizontal, manter a acuracidade de um estoque com 60 mil SKUs, além do número expressivo de pessoas envolvidas no processo de preparo de pedidos e toda a gestão do CD.

“Ganhamos em tempo para a preparação dos pedidos, agilidade na entrega aos clientes, acuracidade do estoque e redução de mão de obra manual em todo o processo, desde a separação até expedição de pedidos. A automação do CD deu à Belenus fôlego para ampliar negócios e atender o maior número de clientes, seja no Brasil, seja no Mercosul”, finaliza o executivo da fabricante.

Sobre a ULMA Handling Systems

A ULMA Handling Systems (www.ulmahandling.com.br ) é uma empresa especializada no desenvolvimento de ampla gama de sistemas automatizados para movimentação e armazenagem de materiais, em parceria com a renomada empresa japonesa DAIFUKU. A empresa pertence ao Grupo ULMA, que é constituído por oito empresas de diferentes atividades, conta cm cerca de 5.000 colaboradores e faturamento de cerca de 800 milhões de Euros.

Presente no Brasil desde 1997, a ULMA Handling Systems tem em seu portfólio sistemas de separação de pedidos, armazenagem automatizada, movimentação e classificação de produtos automatizada, sistemas para fim de linha ou paletização automatizada e softwares para gestão da cadeia de abastecimento (supply chain management). Com uma equipe de mais de 400 engenheiros e 200 colaboradores, tem presença na Espanha, França, Brasil, Argentina, Uruguai, Colômbia e Chile, desenvolve seus serviços desde o projeto e o planejamento de uma solução logística até o serviço de pós-venda e reengenharia, processos desenvolvidos em conjunto com o cliente. É uma empresa certificada ISO 9001:2000, ISO 14.001:2004 e OSHAS 18.001:2007.

Principais clientes: Laticínios Scala, Entrepinares, Friscos, Bonduelle, Cafento, Oblanca, Delfin, Molitalia, Intermarché, Eroski, Stef, Consum, Bodegas Torres, Bodegas Artadi, Deoleo, Nespresso, Dolce Gusto, Herbalife, Rogê Distribuidora, Acrilex, Belenus, Danone, EBF VAZ, Cofema, Ecopads, Fujifilm, SMC, Columbia, Omron, Bufalo, Stam, Brandili.

Andrea Espirito Santo
andrea@manchete.info
(21) 97906-9939

Publicidade