TranspoTech investe R$ 75 milhões, cresce em plena pandemia e aumenta faturamento em mais de 30%

TranspoTech investe R$ 75 milhões, cresce em plena pandemia e aumenta faturamento em mais de 30%

A receita da locadora, cuja marca é líder em fabricação de empilhadeiras elétricas no Brasil (Linde e Still), aumentou 30% em 2020, e espera crescer mais 25% em 2021 

Todos os setores da economia mundial precisaram enfrentar diversos desafios na pandemia. Com o de logística e intralogística, não foi diferente. Entretanto, representando um papel fundamental para a sociedade, os setores precisaram se recuperar rapidamente e se reinventar em meio à crise provocada pelo Coronavírus. Um exemplo é o crescimento do e-commerce de 75% em 2020, segundo o relatório da Mastercard SpendingPulse, que impulsionou e ampliou o mercado para o setor de logística.

Neste cenário de crescimento do setor e na contramão da crise, a TranspoTech, locadora de empilhadeiras da marca STILL, líder na fabricação de empilhadeiras elétricas no Brasil, cresceu em faturamento na pandemia. A empresa investiu cerca de R$75 milhões de abril de 2020 até o momento, somente em empilhadeiras novas para locação, atendendo um mercado crescente. A expectativa é alcançar uma frota superior a 1500 máquinas até o fim de 2021, o que representaria um crescimento de cerca de 25%.

A empresa já com instalações nas cidades de Blumenau, Joinville, Curitiba, Nova Santa Rita e Indaiatuba, no último ano expandiu os negócios e abriu mais três filiais nas cidades de Caxias do Sul, Passo Fundo e Maringá, para suprir a demanda do mercado. Além da presença nos estados de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo, atende outros cinco e também o Paraguai.

“Aproveitando as oportunidades e a alteração na cadeia logística em 2020 fizemos investimentos em quatro cidades, incluindo Indaiatuba, interior de São Paulo, próximo à fábrica da Linde STILL, que serve de ponto logístico para toda a companhia. Foram adquiridas mais de 100 máquinas somente no ano de 2020, com a pandemia iniciando seus estragos no Brasil. Otimizando processos, implementando o regime home office com o setor administrativo e proporcionando segurança para todos que estavam prestando serviços, foi na pandemia que a empresa apresentou seu resultado histórico”, aponta o CEO da TranspoTech, Ricardo Cristiano Oribka.

A receita do negócio aumentou 30% no último ano, quando comparado com o mesmo período em 2019. Oribka revela que, além da abertura das três novas unidades, a empresa realizou melhorias nas demais e também no centro de distribuição próprio de São Paulo. “Com o objetivo de estar mais perto dos clientes, melhorar o atendimento e continuarmos os mais ágeis no mercado, foram criadas mais de 43 novas unidades móveis de manutenção, com carros equipados com ferramental. Estamos preparados e buscamos alcançar a meta de 100% da frota locada. Já estamos presentes em dois países e oito estados, com 187 carros oficinas e sete caminhões de frota para transportes”, destaca.

O CEO da TranspoTech ainda comenta que os números não param de crescer. “Estamos em crescimento contínuo. Quando comparamos o mês de março de 2020, início da pandemia, com março deste ano, aumentamos o faturamento em 44%”, assinala. A TranspoTech hoje conta com sete unidades de negócio para atendimento aos clientes, com total independência para diminuir a distância entre cliente e empresa, proporcionando um atendimento pós-vendas rápido e eficaz.

Sustentabilidade

A preservação do meio ambiente é um pilar que faz parte dos negócios. Na TranspoTech, por exemplo, a empresa busca pautar as suas ações de negócio sem esquecer da sua função socioambiental. “Para nós tudo isso deve caminhar junto e em perfeita harmonia”, comenta Oribka.

Com uma visão de negócio ligada ao ESG (Environmental, Social and Corporate Governance, traduzido para o português como Ambiental, Social e Governança Corporativa), fatores centrais, que são usados na medição da sustentabilidade e do impacto social de um investimento em uma empresa ou negócio, a TranspoTech preza por mais economia, sustentabilidade e qualidade de vida, para a sociedade atual e futuras gerações.

“Pautados por esse DNA, a nossa matriz em Blumenau possui uma usina fotovoltaica, onde somos autossuficientes em energia. Em determinado período do ano até conseguimos repassar um percentual para a nossa outra unidade de Joinville. Nossa meta é expandir o projeto para todas as nossas filiais”, afirma o CEO.

Sobre a TranspoTech

Desde 2001, a Transpotech Equipamentos apresenta soluções aos seus clientes. A empresa trabalha com venda de Máquinas Novas e Usadas, Locação de Empilhadeiras, Assistência Técnica Treinada em Empilhadeiras LINDE, STILL e atendimento em Empilhadeiras Multimarcas, além de um departamento de peças com amplo estoque.

A TranspoTech prima em manter o time motivado, com condições de trabalho adequadas, ferramental de qualidade, treinamento interno e também do fabricante. Ela possui o título de melhor pós-vendas do país, disputado com outras 16 empresas em outros estados, além de estar envolvida e apoiando várias campanhas de cunho socioambientais, como: Projeto Pescar, Campanha do Agasalho, Treinamentos Motivacionais e até a certificação de “Empresa Amiga dos Animais”, fazem parte do dia a dia da empresa.

A TranspoTech também é patrocinadora do Paradesporto, com mais de 30 modalidades e 500 paratletas envolvidos, e Bluvôlei de Blumenau. Já recebeu o prêmio “Willy Sievert” do Rotary Clube, e por duas vezes o prêmio Gustav Sallinger da ACIB de Blumenau. “Nossas ações nos deixam orgulhosos de poder contribuir com o mundo, fazendo um pouco para torná-lo melhor e mais sustentável”, conclui Oribka.

 

 

Publicidade