QUAL A IMPORTÂNCIA DO SUPORTE 24 HORAS ANTES DA MOVIMENTAÇÃO DA CARGA?

QUAL A IMPORTÂNCIA DO SUPORTE 24 HORAS ANTES DA MOVIMENTAÇÃO DA CARGA?

AGOSTO DE 2019 – Os principais portos do país vêm mostrando índices positivos na movimentação de cargas. O Porto de Santos bateu o recorde após atingir o total de 11.576.036 toneladas, ultrapassando uma média de 5%, sendo o maior registro até julho de 2019. Os Portos do Paraná movimentaram em julho deste ano, cerca de 5,36 milhões de toneladas de cargas,  aumento de 19% em relação ao registrado no mesmo mês de 2018. Já no Porto de Itajaí (SC), com base na movimentação em toneladas, o número também foi positivo, passando de 407.164 toneladas para 419.295, um aumento estável de 3% na soma geral de cargas. No Ceará, o Porto de Pecém registrou a melhor movimentação de cargas chegando a  1.706.961 toneladas , desde que o terminal portuário começou a operar, em março de 2002. Os melhores números haviam sido registrados, até então, em Março de 2018 quando foram movimentadas 1.663.408 toneladas, aumento de 22% em relação a julho de 2018.

Antes de chegar aos principais portos e estradas do país, a transportadora emite os CT-es (conhecimentos de transporte) e o embarcador quanto NF-e (Nota fiscal eletrônica), informações que ficam registradas no sistema da Secretaria da Fazenda (SEFAZ) de cada estado, que responde com um  protocolo de liberação fiscal da mercadoria. Na sequência, é obrigatório realizar a averbação eletrônica de suas cargas, que significa coletar todas essas informações, checar para saber se os dados da carga estão coerentes com a apólice do seguro do cliente e transmitir essa informação para a companhia de seguro. Tudo precisa ser checado em frações de segundos por sistemas inovadores criados por empresas de tecnologia que gerenciam processos de averbação da carga, entre órgãos governamentais e fiscalizadores, transportadoras e seguradoras. E se ocorrer alguma falha durante esse processo de averbação eletrônica, principalmente durante a madrugada e nos finais de semana?

Vagner Toledo, sócio-diretor da AT&M, empresa líder em tecnologias para o seguro da carga, explica a importância de um suporte 24 horas durante o processo de liberação da mercadoria. “ Caso a transportadora não tenha suporte 24 horas de seu fornecedor responsável pelo processo de averbação eletrônica da carga, o caminhão fica parado e não chega no seu destino, conforme programação e atrasa os pedidos dos clientes e demanda dos produtos no ponto de venda. Por isso, que o primeiro item que precisa ser considerado na hora de desenvolver essa estrutura na empresa, é checar se você terá direito ao suporte 24 horas, sete dias por semana durante feriados e finais de semana” relata Toledo.

Caso a transportadora tenha algum problema na hora de checar os dados, o técnico de TI e o responsável pelo transporte terão facilidade para conversar com o suporte 24 horas, sobre os mais de 300 itens que são checados somente no processo de averbação eletrônica da carga para identificar falhas que impedem o transporte. Para não atrasar os processos logísticos das mercadorias, os técnicos da empresa prestadora de serviço devem ajudar na integração com o sistema da transportadora, juntamente com o seu especialista em TI e liberar o caminhão. Caso o sistema de TI da transportadora impossibilite o processo de averbação junto à empresa fornecedora deste processo, o suporte 24 horas deve atuar para eliminar o problema de conectividade com a transportadora. Caso contrário, a carga não é liberada, alerta o executivo.

A lei de Averbação Eletrônica 247 foi criada pela SUSEP e determina o registro das cargas na Secretaria da Fazenda de cada estado pela apólice do seguro, caso ocorra algum acidente ou roubo, além da comprovação para a liberação fiscal da mercadoria. Com isso, é possível emitir o Manifesto Eletrônico de cargas (MDf-e 3.0), iniciativa do governo federal, com base na Resolução CNSP 361, publicada em junho de 2018, que passou a ser obrigatório o envio do MDF-e para a companhia de seguro, antes do início da viagem.

SOBRE A AT&M – Com 26 anos de atuação no mercado de tecnologia, a empresa tem como missão “ absorver complexidades para entregar facilidades”. Foi pioneira na criação da averbação eletrônica para o transporte de cargas, sendo hoje responsável pelo tráfego de mais  120 milhões de documentos mês, entre seguradoras, transportadoras e embarcadores totalizando mais de 26 mil clientes em todo o país. Também se destacou no mercado pela criação do primeiro sistema de mistura de tintas para a principal empresa do segmento.

Com a experiência adquirida e confiança de seus parceiros e clientes, hoje atende mais de 800 corretores, 95% das seguradoras, mais de 400 Sistemas de emissão (TMS) integrados com mais de 20 mil pontos de sistemas instalados para embarcadores e transportadoras, sendo todos do segmento de logística e seguro do transporte de cargas. Disponibiliza ao mercado, mais de 10 soluções tecnológicas para transportadores e embarcadores — de ponta a ponta, desde processos 100% automatizados até manuais de digitações via “web”.

Com escritórios localizados nas cidades de São Paulo e Indaiatuba (SP), possui equipe altamente qualificada e dedicada, com suporte técnico 24 horas, todos os dias da semana. Além disso, conta com uma equipe de outsourcing trabalhando in company em alguns de seus clientes. Saiba mais www.atmtec.com.br

Assessoria de Imprensa & Comunicação

 Acesse o site www.akspress.com.br

Publicidade