ArmazenagemArtigos

Entenda como organizar uma solução de armazenagem eficiente

Osmar Vinci filho mostra como eleger a solução mais adequada para armazenagem, como fazer a preparação dos pedidos e como escolher armazéns para itens pequenos

Desde a virada do século, o ambiente corporativo tem sido submetido a constantes mudanças e a competitividade entre as empresas têm se intensificado significativamente, principalmente após a globalização dos mercados. As organizações, que antes focavam apenas em operar com o menor custo possível, hoje veem a necessidade de estabelecer um serviço diferenciado ao cliente. Mas engana-se quem pensa que um nível de serviço eficaz ao consumidor se consegue apenas através de empregados motivados.
Os gestores também precisam escolher uma solução de armazenagem adequada, que permita a entrega de seus produtos dentro dos padrões exigidos pelos clientes. Muitos especialistas, inclusive, defendem que uma boa solução de armazenagem pode promover um melhor nível de rentabilidade nos serviços de distribuição aos clientes, através da organização e do controle efetivo para as atividades de movimentação e estoque dentro do armazém da empresa, que visam principalmente facilitar o fluxo de produtos.
Estas soluções, que vão desde as mais simples até as mais sofisticadas, funcionam como elos que ligam as atividades logísticas a um processo totalmente integrado. E pensando em ajudá-lo a escolher a melhor solução de armazenagem para a sua empresa, decidimos preparar este material, que lhe mostrará desde critérios básicos que influenciam um armazém, tais como espaço disponível e equipamentos de armazenagem, até mesmo os fatores que ditam o sucesso do processo de preparação de pedidos (picking).
Esperamos que, ao final da leitura, você tenha adquirido conhecimentos suficientes para escolher a solução de armazenagem mais adequada à realidade da sua empresa e do seu armazém.

Como eleger a solução mais adequada para armazenagem?

Apesar de na atualidade existirem centenas de materiais ensinando como escolher uma solução mais adequada para um determinado armazém, o fato é que não existem regras fixas que possam guiar os gestores nesta importante tarefa. Existem inúmeros fatores que podem influenciar nesta decisão, tais como o tipo de produto, o espaço disponível, os equipamentos de armazenagem, a capacidade de investimento da empresa, o pessoal envolvido, entre tantos outros. Neste cenário, é importante que o gestor domine as técnicas de armazenagem para realizar os investimentos certos. Afinal, cada solução de armazenagem requer um tipo de estrutura e equipamento de movimentação diferentes. Há casos em que o responsável pela empresa adquire estantes que não são adequadas ao espaço do armazém, e empilhadeiras com grandes dimensões que dificultam o fluxo de movimentação no local. Isto não só diminui a eficiência logística, como também gera prejuízos financeiros em curto e longo prazo.

Daí a importância do gestor contar com uma consultoria especializada na gestão de cadeia de abastecimento para a elaboração de um processo logístico alinhado ao negócio de forma integrada. Assim, a empresa contará com uma solução adequada que atenda a todos os requisitos e condições do seu armazém.

Como fazer a preparação dos pedidos?

A atividade de preparação de pedido, também conhecida como ‘picking’, consiste na coleta de produtos unitários no armazém para que eles sejam enviados aos clientes. O picking pode ser realizado de muitas maneiras, desde as mais simples, em que um operador percorre o armazém coletando todas as mercadorias, até as mais sofisticadas, em que uma solução automatizada recolhe os produtos e prepara os pedidos.

Leia a matéria completa na edição de maio/junho da Revista Painel Logístico. Nela, Osmar Vinci Filho ensina como escolher armazéns para itens pequenos e a fazer o cálculo do ROI da solução.

 

Previous post

INBRASC premia os melhores profissionais, projetos e fornecedores nas áreas de supply chain e compras

Next post

Quatro práticas logísticas saudáveis para o setor de Saúde

Osmar Vinci Filho

Osmar Vinci Filho

Osmar Vinci Filho é Gerente Comercial desde 2000 nos serviços de Logística, Transporte, Armazenagem, Logística Promocional, Cross Docking e Comercio Exterior e Responsável em assegurar que a cadeia logística esteja integrada às necessidades dos clientes, através da criação e monitoramento de indicadores de performance.